terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Oposição vence novamente eleição da Câmara de Altamira

Uma reviravolta de última hora surpreendeu o número expressivo de pessoas que compareceram na sessão especial da Câmara e que elegeu a nova mesa diretora para o biênio 2015-2016. Em sessão realizada nesta segunda-feira (15), o médico e vereador Armando Aragão (PRTB) foi eleito o novo presidente da Câmara Municipal de Altamira. A chapa encabeçada por ele venceu com nove votos dos 15 possíveis. Ele disputou à vaga com o também médico, Loredan Melo (PMDB), escolhido pela base do executivo. “Tentei duas vezes ser presidente. Tenho maturidade e clareza para respeitar a maioria”, comentou Loredan. A chapa dele tinha como vice a vereadora Irenilde di Zadil (PMDB); primeiro-secretário, Victor Conde (PMDB); segundo-secretário, João Roberto (DEM) e; terceiro-secretário, Almiro Gonçalves (PMDB). A oposição ficará mais dois anos à frente do legislativo. A previsão era que o prefeito fizesse a nova composição da mesa, mas a indicação do nome de Loredan mudou a direção dos planos. O até então líder do governo, o vereador Francisco Marcos (PR), que aguardava ter a indicação do prefeito, formou a chapa União e Respeito e saiu como vice-presidente daquela casa de leis. “A Câmara Municipal demonstrou que aqui somos um poder independente. Sempre disse que acreditava na administração do executivo. Fui contra a chapa do prefeito porque nós tínhamos um compromisso de nos lançarmos candidato à presidente. Foi apresentado um vereador que há dois meses disse que estava na bancada”, justificou Marquinho, como é mais conhecido. “Seis vereadores me apunhalaram dizendo que eu não estava preparado, mas não fica nenhum ressentimento. Sou parceiro de Altamira”, desabafou. Para o vereador Aldo Boaventura (PT), o executivo sofreu a maior derrota da sua história. “Por direito era para o nome de Marquinho ser o candidato do executivo, o qual ele tanto defendeu nesses dois anos”, explicou. Eleito pela primeira vez para o cargo, Armando Aragão ressaltou que trabalhará em prol do município, independente de questões partidárias. “Espero ter muita sabedoria e serenidade. Jamais vamos dificultar o que vier para o bem de Altamira”, destacou. A nova mesa diretora ficou assim composta: presidente, Armando Aragão; vice-presidente, Francisco Marcos; primeiro-secretário, Adriano Couto (PP); segundo-secretário, Aldo Boaventura e; terceiro-secretário, João Artur (PMN). Erro na hora do voto – A expectativa do executivo, segundo informações colhidas durante a sessão, era de vitória por oito votos a sete. Mesmo não mudando o resultado final, a vereadora Irenilde di Zadil pediu o uso da palavra para justificar o seu voto. “Quero dizer que fui eu que errei. Peço respeito porque todo mundo tem o direito de errar”, argumentou. OX

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Comitê Gestor define projetos que receberão R$ 50 milhões em Altamira

O Comitê Gestor do Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável (PDRS) do Xingu faz suas últimas reuniões do ano nesta quinta (11) e sexta-feira (12) para definir os projetos que receberão em 2015 os R$ 51,6 milhões disponibilizados por meio de edital.
Desde 2011, o Comitê Gestor do Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável (PDRS) do Xingu liberou R$ 150 milhões para 147 projetos. Em 2015, R$ 51,6 milhões serão disponibilizados por meio de edital.
Até o momento, 22% dos projetos já foram concluídos, 60% estão em execução e 18% estão em fase de contratação. As iniciativas beneficiaram as cidades de Altamira, Anapu, Brasil Novo, Gurupá, Medicilândia, Pacajá, Placas, Porto de Moz, Pacajá, Senador José Porfírio, Uruará e Vitória do Xingu.
Entre os projetos já aprovados estão o fortalecimento dos Conselhos Municipais de Direito da Criança e do Adolescente (R$ 300 mil); a construção do Centro Cultural dos Povos Indígenas Xipaia, Curuaia e Juruna (R$ 314 mil); a implantação de pólos de desenvolvimento nas Reservas Extrativistas da Terra do Meio (R$ 795 mil); e o desenvolvimento do cultivo de hortaliças (R$ 448 mil) e da cadeia produtiva do cacau (R$ 900 mil) em Altamira.
De acordo com o diretor do Departamento de Energia Elétrica da Secretaria do PAC, Celso Knijnik, a expectativa do governo federal nesta reunião é aprovar e ver a execução dos projetos o mais rápido possível.
Os investimentos se destinam ao fomento econômico, à infraestrutura, à segurança alimentar, à inclusão social, à capacitação e gestão municipal, à saúde e à educação.
OX

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Curtas noticias...


Emancipação

Derrotado na disputa pelo governo do Pará, Helder Barbalho terá um prêmio de consolação: vai assumir o comando do conglomerado de mídia da família, o Grupo RBA. Só em Belém, os negócios abrangem um canal de TV, um jornal e três emissoras de rádio.

Porto de Moz

A prefeitura de Porto de Moz requereu à Secretaria de Estado de Meio Ambiente – SEMA/PA, a Licença Prévia, para a atividade de Abatedouro de gado no município. Não foi determinado estudo de impacto ambiental. Por que será?

Hospital

A Norte Energia entregará este mês ao Estado, um hospital de 100 leitos todo equipado, no município de Altamira. Deverá ser inaugurado em fevereiro.

Efeito colateral

Pode ser apenas coincidência. Ou não. Mas desde que as investigações no âmbito da Operação Lava- Jato avançaram, a área de Minas e Energia puxou o freio de mão nos estudos de viabilidade para o leilão das hidrelétricas do Tapajós. No Ministério, a percepção geral é de que dificilmente a primeira licitação sairá em 2015, como estava previsto.

Coleta de luxo

A Energisa estaria azeitando uma emissão de títulos no exterior, no valor de R$ 500 milhões. Formalmente, a empresa nega a operação. No entanto, segundo fontes próximas à Energisa, o lançamento seria mais uma etapa do processo de redução da dívida do Grupo Rede, adquirido em abril. Além da recente venda de R$ 1,4 bilhão em ativos na área de geração, os próprios acionistas da Energisa fizeram um aporte de capital de R$ 350 milhões.

A maldição da internet no celular

Parecia impossível, mas a internet no celular conseguiu deixar a comunicação ainda mais intrusiva. O surgimento dos smarthphones está criando uma geração que passa 24 horas por dia logada. Para essa geração, estar off-line é como estar morto. E estar on-line é estar disponível para conversar. Antes mandava-se uma carta e esperava-se muitas vezes um mês inteiro para receber resposta. Hoje, espera-se que todas as pessoas estejam disponíveis para responder às mensagens instantaneamente.

É Tabu, Ninguém Quer Saber

Nascem crianças destinadas ao abandono todos os dias. Não há ninguém por elas. Ninguém as protege. E temos responsabilidade nisso, como sociedade. Menos burocracia. Menos indiferença ao sofrimento das crianças, é disso que se trata. E a vasectomia, um procedimento simples, menos invasivo, mais barato, e reversível, deveria ter prioridade no tratamento desse problema. Quando se trata de reprodução, todos se esquecem que a mulher não gera filhos por mitose.

Oxingu.com

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Orçamento de Altamira para 2015 prevê investimentos de R$237 milhões Parlamentares que votaram contrários falam em inconstitucionalidade


A sessão ordinária da Câmara Municipal de Altamira do dia 2 de dezembro ficou marcada por votos contrários e favoráveis em relação ao Projeto de Lei n. 110/2014, que estima a receita e fixa a despesa do município para o exercício de 2015.

Novamente com a presença de todos os vereadores e presidida por Adriano Couto (PP), a reunião dividiu opiniões dos parlamentares.

Na pauta, além de vários outros itens, os pareceres de diversas comissões sobre a lei, que prevê um orçamento de mais de R$ 237 milhões.

“Está sendo retirado da Câmara um valor entre 15 a 20 milhões de reais. O orçamento tem haver com a receita municipal. Só a arrecadação de ICMS em novembro foi superior a R$ 26 mi”, questionou o vereador Armando Aragão (PRTB).

Durante as falas parlamentárias, Aldo Boaventura (PT), indagou sobre o parecer favorável da Comissão de Educação, Cultura e Desportos. O legislador chegou a falar em fraude. “Eu fui contrário e não assinei nada que diga que sou a favor”, esbravejou.

O mal-entendido foi desfeito pelo presidente da casa de leis, Adriano Couto. “Realmente o vereador nem chegou a assinar o parecer. Não há fraude”, explicou.

Aldo continuou a cobrar explicações sobre o projeto. “Ele começou com várias falhas. A possibilidade de a prefeitura usar em 100% o valor previsto sem pedir licença para a Câmara é errado”, avaliou.

Outro parecer votado foi o que tratava de inconstitucionalidade da lei. “O poder legislativo é independente. Nossa função é fazer o que manda a Constituição Federal e olhar pelo povo”, destacou Geruza Gouveia (PTB). “Ficou constatado que o executivo excluiu valores”, completou a vereadora.

A retirada de tópicos da lei chegou a ser apontada como artimanha. “Diante do exposto é que se tem esse parecer”, ressaltou Adriano Couto. “Não pode ser usado pelo executivo a seu bel-prazer”, emendou Odair Florêncio (PSDB).

Para Loredan Mello (PDT), a prerrogativa é do executivo municipal. “O orçamento para 2015 aumentou em 17%. Tem que ser aprovado com rapidez”, pediu.

Números insuficientes – O vereador Armando Aragão estranhou valores orçados para algumas secretarias. “O projeto Craque só de Esporte, por exemplo, tem um orçamento de R$ 22 mil para o ano inteiro. Dá menos de dois mil reais por mês. O Programa Saúde da Família tem orçado R$ 30 mil para expansão de equipes. O aterro sanitário, R$ 10 mil por mês. O novo Hospital do Mutirão, que será entregue pela Norte Energia, tem o total de R$ 8,2 milhões. Talvez não pague dois anos. O São Rafael, R$ 500 mil/mês. O mesmo da Secretaria de Finanças. É de se estranhar”, protestou.
 
OX

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Prefeitura de Altamira investe em serviços de drenagem profunda em Altamira.

Preocupado com os constantes alagamentos em Altamira a prefeitura tem feito inumeras obras de drenagem na cidade. Veja!
video

ALTAMIRA. Pastores adventistas participam de visita nas obras de construção do Centro de reabilitação para dependentes quimicos.

A prefeitura de Altamira esta construindo um grande Centro de Reabilitação na região do Assurini. A obra vai mudar a vida de muitas pessoas. Veja!
video